Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \30\UTC 2009

2012

Fala pessoal! Tudo bem? Esse é meu post inaugural aqui no WordPress e já vou começar polemizando. O mundo vai acabar? HAHAHAHAHAHA

Bom, vamos lá qualquer conteúdo aqui registrado é minha unica e exclusiva opinião, quem estiver na lista dos radicais religiosos, filosóficos entre outro tipo de radicalismo, por favor, feche a janela!

Já você que está com o coração aberto para uma verdadeira viagem na maionese, fique a vontade para debater, mandar e-mail, ligar, etc!

Vou começar a falar sobre as teorias do fim dos tempos que existiram na história da Humanidade! Até agora os incrédulos estão ganhando com uma vantagem de 100% de acerto em relação aos conspiradores! rsrsrsrsrsr

Ano 1000 – Previram que o fim do mundo iria acontecer aos 1000 anos depois da morte de Cristo, como não aconteceu nada, disseram ter errado o calculo prevendo 1033,  já que o “Ano Zero” é contado a partir do nascimento do Nazareno. Bom, não há mais registros sobre o que aconteceu com o distinto “profeta do fim dos tempos” mas ele errou!

Ano 1524 – Astrólogos previram uma inundação que começaria em Londres, no dia nem chuviscou! A desculpa esfarrapada foi que erraram a data em 100 anos, e o ano certo seria 1624. Claro os maledetos já estariam mortos 100 anos depois!

Ano 1533 – Um tal de Melchior Hoffmann, “profeta” anabatista, previu que um milênio e meio depois da morte de Cristo o mundo seria consumido em chamas! Esse foi preso e morreu na cadeia.

Ano 1537 – O astrólogo francês Pierre Turrel, teve as moral de prever 4 datas para o fim do mundo, e não se tem notícia de um cara que mais errou 🙂 Os anos foram 1537, 1544, 1801 e 1814!

Ano 1648 – O judeu Zabbatai Zevi descobriu que ele mesmo era O Messias e iria naquele ano acabar com o mundo, mas como nada aconteceu, ele mudou a data para 1666 e acabou na cadeia e convertido ao islamismo!

Ano 1736 – O teólogo inglês Willian Whiston previu que o fim começaria novamente em Londres no dia 13 de outubro, e nesse dia tivemos no rio Tâmisa o primeiro congestionamento de barcos registrado! Todos estavam fugindo da inundação que mais uma vez não aconteceu e mais uma vez nem choveu!

Ano 1843 – O Adventista Willian Miller anunciou o apocalipse dia 3 de abril, depois 21 de março e por fim 22 de outubro do ano de 1843! Viveu para ver todos os seus fracassos e morreu 5 anos depois da sua ultima previsão errada!

Ano 1874 – Fundação dos Testemunhas de Jeová, anunciando o fim do mundo!

Ano 1881 – Egiptólogos previram o início do fim do mundo nesse ano, refizeram as contas depois e deu 1936 e depois 1953!

Ano 1914 – Testemunhas de Jeová anunciaram o fim (novamente)  para esse ano, erraram e tentaram de novo para 1919, depois 1925, depois 1943, depois 1975, depois eles disseram que iria acabar até o ano 2000 e por fim disseram que iria acabar nesse milênio! Eu acho que eles são melhores vendedores de revista do que profetas do fim do mundo!

Ano 1980 – Um astrólogo sensitivo árabe, previu que o mundo iria acabar com um alinhamento de Saturno e Júpter com os signos de Libra a 9 Graus e 24 minutos. Depois astrólogos sérios fizeram a conta e viram que isso não tinha nada a ver!

Ano 1982 – No livro “O Efeito Júpter” previram um cataclismo em 10 de março, como nada aconteceu, os autores disseram que um terremoto que aconteceu em 1980 mudou o destino do planeta para o nosso bem! 🙂

Ano 1999 – Várias profecias diziam que o mundo acabaria em 10 de março, mas os profetas disseram que o culpado era o Nostradamus!

Ano 2000 – Os teóricos do apocalipse disseram que o mundo acabaria 2000 anos após a morte de Cristo, como não aconteceu, disseram que a data era 2033, e zeramos a conta de novo!

Gente, sem noção esses caras não?

Bom, 2012 surgiu de uma idéia de que o calendário Maia acaba em 21/12/2012, isso todos sabem, o que não está se falando muito é que os Maias tinham 3 calendários, um que fechava a conta em 260 dias, chamado de Tzolk’in e depois veio um outro para ser usado em con junto, já com 365 dias chamado Haab’.

Nem o sistema Tzolk’in nem o Haab’ numeram os anos. A combinação de uma data Tzolk’in e uma data Haab’ era suficiente para identificar uma data para a satisfação da maior parte das pessoas, já que uma combinação destas não se repete antes de 52 anos, muito acima da expectativa de vida geral da época.

Estes dois calendários eram baseados em 260 e 365 dias respectivamente, o ciclo completo se repete exatamente a cada 52 anos Haab’. Este período era conhecido como um Ciclo de Calendário. O fim do Ciclo de Calendário era um período de tensão e má sorte entre os maias, eles esperavam para ver se os deuses concederiam outro ciclo de 52 anos.

Como as datas do Ciclo de Calendário só podem distinguir datas em 18.980 dias, equivalentes a cerca de 52 anos solares, o ciclo se repete aproximadamente uma vez em uma vida, e portanto, um método mais refinado para manter datas era necessário para registrar a história de forma mais precisa. Para manter datas, portanto, sobre períodos mais longos que 52 anos, os mesoamericanos criaram o calendário da Contagem Longa.

O nome Maia para dia era k’in. Vinte destes k’ins são conhecidos como um winal ou uinal. Dezoito winals fazem um tun. Vinte tuns são conhecidos como k’atun. Vinte k’atuns fazem um b’ak’tun.

O calendário da Contagem Longa identifica uma data contando o número de dias desde a criação Maia de 4 Ahaw, 8 Kumk’u (11 de agosto de 3114 a. C. no calendário gregoriano ou 6 de setembro no calendário juliano). Mas em vez de usar uma base 10  como a numeração ocidental, os dias da Contagem Longa eram registradas em um esquema de base 20 modificada. Assim, 0.0.0.1.5 é igual a 25, e 0.0.0.2.0 é igual a 40. Como a unidade winal reinicia após contar a 18, a Contagem Longa usa a base 20 consistentemente só se o tun for considerada a unidade primária de medida, não o k’in, com o k’in e winal sendo os números de dias em um tun. A contagem longa 0.0.1.0.0 representa 360 dias, em vez de 400 em uma contagem de base 20 pura.

Tabela de unidades da Contagem Longa
Dias período da Contagem Longa período da Contagem Longa anos solares aproximados
1 = 1 K’in
20 = 20 K’in = 1 Winal 0.055
360 = 18 Winal = 1 Tun 1
7,200 = 20 Tun = 1 K’atun 19.7
144,000 = 20 K’atun = 1 B’ak’tun 394.3

Existem também quatro ciclos de ordem maior raramente usados: piktunkalabtun,k’inchiltun, e alautun.

Como as datas da Contagem Longa não são ambíguas, a Contagem Longa era particularmente bem adaptada para o uso em monumento. As inscrições monumentais não só incluíam os 5 dígitos da Contagem Longa, mas também incluiam os dois caracteres tzolk’in seguidos pelos dois caracteres haab’.

Bom, é claro que eu tirei essas informações da Wikipedia, mas agora vamos voltar para a minha lógica!

Todos sabem que o calendário que usamos começa no dia 1 de janeiro e termina no dia 31 de dezembro né? O que acontece quando chega dia 31 de Dezembro? Pra quem respondeu 1 de Janeiro eu pago um doce! Logo o calendário maia chega na sua data final de ciclo dia 21 de dezembro de 2012 e volta para o seu início no dia 22 de dezembro de 2012!

Simples assim :-O !

O esquema do calendário Maia é só o começo das baboseiras que vem por aí! Eles estão dizendo que os Maias previram que o fim do seu calendário sabendo que iria acontecer uma explosão solar, que derreteria o núcleo do planeta Terra, fazendo com que as placas tectônicas se desprendessem e se movimentassem causando muita dor e sofrimento, tsunamis, fendas, explosões, terremotos, e tudo o que há de ruim ao mesmo tempo!

Bom, já sabemos que acontecem explosões solares de tempos em tempos, se eu não me engano são de 9 em 9 anos, e já vivenciamos várias dessas! O que aconteceu? NADA!

Concluindo, já tentaram várias vezes falar que o mundo vai acabar, já profetizaram em nome de vários deuses, já tomaram vários ácidos e viram o apocalipse, e esse para mim é mais uma dessas alucinações. O legal é que a gente tem a oportunidade de tirar sarro dos que acreditam nessas baboseiras e se for verdade (o que não é) vamos morrer mesmo, então não adianta se preocupar, se acontecer isso mesmo, não sobra nenhuma alma viva no planeta e se sobrar, o distinto não vai saber viver sem internet, Wikipedia, Google, entre outras coisas modernas que deixaram o ser humano preguiçoso. Eu duvido que o pequeno número de possíveis sobreviventes conseguiria sobreviver sem remédios modernos, sem comida processada, etc…

Bom, é isso ae!

Até a próxima.

L. Sardim

Anúncios

Read Full Post »

Pessoal,

Depois de muito tempo, depois de terminar o Telsinc Datacenter PE 2010, estou de volta, e vou falar um pouco de uma data importante para nós Santistas. Essa data não é o Aniversário do Pelé, do Clube ou de qq outra pessoa, mas o dia das eleições para presidente do clube.

Gente, é obrigação nossa ir para a urna (quem pode votar é claro) para tirar o safado do Marcelo Teixeira do poder, aliás, eu usei o termo safado e vou explicar porque!

Bom, tem pessoas mal informadas que dizem não haver oposição no Santos, mas sempre existiu sim e vou escrever um pouco sobre isso:

Existe hoje um portal da oposição (www.santistaroxo.com.br) que hoje é o portal mais acessado de notícias sobre o Santos, esse portal é mantido pela oposição denominada Resgate (e que nunca se considerou a única via alternativa no clube).

Não há história recente de oposição entre os grandes clubes brasileiros como as do Santos F.C. e do Vasco da Gama. A grande diferença entre ambas são as seguintes:
1ª) no clube carioca o delírio de um Eurico Miranda já não se refletia em conquistas dentro de campo, enquanto que aqui, apesar do MT, ganhamos dois brasileiros e dois paulistas, muito pouco é verdade, mas conquistas suficientes para calar qualquer oposição que não fosse atuante;
2ª) dentro do Conselho Deliberativo do clube carioca havia proporcionalidade entre conselheiros da situação e da oposição, o que sempre ajuda a dar alguma esperança aos sócios no caso de algum lunático querer perpetuar-se no poder e achar que é o dono do clube;
3ª) no Vasco havia um ícone da história do clube, o Roberto Dinamite, o que faz com que os resultados obtidos pela Resgate sejam ainda mais expressivos.

Muitos dirigentes de grandes clubes não conseguem entender como esta oposição resiste ao tempo no Santos F.C., principalmente à partir do surgimento da geração Diego/Robinho/Elano ocorrido em 2002, exatamente um ano e meio após a criação da Resgate.

É ainda mais difícil entender como esta oposição resistiu após o golpe do estatuto, perpetrado na calada da noite em 2003.

Imaginem o governo Lula alterando as regras, partindo para um terceiro mandato e, por exemplo, um José Serra não podendo mais ser  candidato.

Pois no Santos o governo MT conseguiu esta proeza!

Pessoas como Fernando Silva e Pedro Luiz Nunes Conceição, sócios há 30 anos, remidos e candidatos em 2001 (Fernando Silva como presidente) e 2003 (Pedro como vice do grande Luis Alvaro) não podem mais ser candidatos hoje. E o MT que não poderia mais se reeleger, da noite para o dia ficou podendo…e indefinidamente.

Só para lembrar ou avisar quem não sabe, mas antes de 2003 cada presidente só poderia se reeleger uma vez, não podendo mais ser candidato, o conselho era dividido 50% entre a oposição e a situação e o sócio poderia votar depois de 1 ano de contribuição. Outro detalhe importante foram os requisitos para ser candidato a presidente que praticamente deixou a oposição sem candidatos!

Isso foi parecido com algumas empresas fazem para ganhar um edital no governo, tirando que se alguma empresa faz um edital fechado dessa forma, a empresa concorrente consegue impugnar o edital e dá um baita trabalho para o órgão do governo justificar porque fez aquilo!

Este é só um exemplo para que todos tenham a idéia do tamanho do golpe, pois é lógico que há outros candidatos elegíveis de peso, mas no contexto geral esbarramos nos problemas de família, saúde, financeiro, etc…

Para mais uma vez defender a tese da importância desta oposição, no clube mais popular e de maior torcida do país, o Flamengo, o candidato vencedor tem pouco mais de 800 votos e a presença de eleitores não chega a 1.900 sócios.

Nas eleições de 2003 do SFC, mesmo após a conquista do brasileiro em  2002 e a badalação do time em 2003, a Resgate  obteve 950 votos, com o clube registrando a maior presença de eleitores da sua história, mais de 2.500 sócios.

Só mais um exemplo de oposição responsável e atuante: em 2005, mais precisamente em abril, quando o famigerado Wagner Ribeiro começou a ensaiar um discurso de saída do Robinho (e por míseros 10 milhões de dólares…eu falei dólares), um grupo de notáveis torcedores do SFC, capitaneados pelo Fernando Silva, formou um fundo de investimentos e apresentou ao MT a proposta para queo SFC recomprasse os 40% dos direitos federativos do Robinho (que já pertenciam ao jogador desde 2004), para que o clube desfrutasse mais um ano da genialidade do jogador, pudesse obter mais conquistas, valorizasse ainda mais o seu atleta e o segurasse até a Copa do Mundo de 2006…..o MT até hoje não respondeu ao grupo de notáveis.

Bom, vamos falar um pouco do plano de gestão do Luiz Alvaro Oliveira Ribeiro (LAOR), vou colocar aqui as informações contidas no site da chapa O Santos Pode Mais (www.osantospodemais.com.br)

1) Time Forte

  • Jogadores identificados com o clube + pratas da casa (valorização mútua)
  • Elenco dimensionado para todas as competições do ano
  • Fim das “barrigas de aluguel”

2) Comissão Técnica

  • Equipe Fixa
  • Treinador + 1 Assistente
3) Departamento Médico e CEPRAF
  • Reforço da equipe
  • Avaliação de performance e metas
  • Foco na prevenção
4) Novo Sistema de Remuneração
  • Fixo + variável por objetivo
5) Rodízio de Jogos
  • Nossa casa é  Vila Belmiro, mas o Santos é um time Mundial
  • Jogos em SP e em outras Cidades
  • Retorno Financeiro + patrimônio de longo prazo (torcedores + sócios) + impacto da marca
6) Divisões de Base
  • Preservação dos interesses do clube – Permanência e Direitos econômicos
  • Rede de observadores / ex-jogadores
  • Parcerias com clubes do interior de SP e outros estados
  • Transparência nas contratações e renovações
  • Dimensionamento de primeiros contratos
  • Responsabilidade Social
7) Futebol Feminino
  • Investimento contínuo
  • Referência na modalidade
  • Escolinhas Femininas
  • Valor Agregado
  • Santos Mermaids
8) Redemocratização dos Estatutos
  • Anulação das mudanças ocorridas sem discussão ou aprovação dos associados
  • Proporcionalidade no conselho
  • 1 Reeleição
9) Gestão profissional e transparente
  • Princípios de Governança Corporativa
  • Executivos de Mercado a frente dos departamentos
  • Metas, Objetivos e avaliação de performance
  • Publicação (trimestral) e envio do balanço aos sócios
  • Aprovações Específicas de Investimentos
  • Divulgação (semestral) da composição dos direitos econômicos dos atletas
  • Ouvidoria
  • Conselho Orientação Fiscal (formado em votação direta)
  • Auditoria permanente e revisão de demonstrações financeiras
  • Comite de Gestão
  • Controladoria Interna
  • Departamento Jurídico atuante – em todas as áreas do clube
  • Break-even em 2010
  • Crescimento de top e botton line para os próximos 6 anos
  • Santos Management
  • Fim da passividade do clube em relação ao mercado de futebol
  • Empresa especialmente criada para gerir a carreira e a imagem dos atletas
  • Santos paga direitos de imagem, não faz uso
  • Direitos de imagem não são saídas tributárias, são capital do clube
10) Marketing
  • Santos FC = Marca Mundial
  • Integração profissional com a Marca Pelé
  • Ajuste de valores de propriedades, patrocínios e cotas
  • Campanha de associação em massa – 100 Mil sócios no centenário
  • Comunicação Multiplataforma com o torcedor/consumidor – Website, Mobile (celular), games, WEB Tv, widgets, mídias sociais.
  • E-Commerce de ingressos, e-seasons, produtos licenciados, portal exclusivo
  • Marketing de experiência – Jogos Oficiais
  • Cartões – co-branded, benefícios, Season Ticket
  • G4 tratado como “Projeto Estratégico” Não como “comercialização de itens” 
  • Filiais – versões locais em mercados de alto interesse e baixa exploração
  • Transmissão internacional de jogos – Nogiciação individual e direta com as emissoras
  • Visão 2014 – Sub sede e/ou pré-temporada
  • Pré-temporada no exterior
  • Torneios de Base e Camps
  • Embaixadas Alvinegras
  • Museu itinerante
11) Marketing do Centenário
  • Projeto Já Começou
  • Livro 100 anos espetaculares
  • Documentário – 100 anos em preto em branco
  • Show  – O Rei e seus amigos (Grandes Artistas Brasileiros + Convidados Internacionais + Elton John)
  • Torneio Internacional – 100 anos do melhor Futebol (clubes internacionais ligados a história do Clube como Milan, Benfica, Boca Jr, Real Madrid, etc..)
  • Hotsite Santos 100 Anos
  • Revitalização do Memorial das Conquistas
  • Rodízio de Jogos + eventos locais de celebração
12) Esportes Olimpicos
  • Visão 2016 – Clube Multidesportivo
  • Geração de Valor e potencialização da Marca
13) Investimentos
  • O Santos merece um projeto de negócio para ter maior competitividade
  • Fundo para contratação de jogadores, com valores de R$20 MM a R$45MM
  • É uma Joint Venture
  • Conselho ético formado pelo clube e investidores recomenda as contratações
  • Retorno de investimento compartilhado entre clube e investidor
  • Limite de retorno para investidor
  • Lucro excedente é 100% do Santos
14) Apoios
  • Alvaro de Souza – Presidente do conselho da Gol Linhas aéreas e ex-presidente do Citibank
  • Celso Loducca – Presidente da Loducca Publicidade
  • Eduardo Vassimon – Conselho de Administração do Itaú BBA
  • Lélio Teixeira – apresentador do Na Geral da rádio bandeirantes
  • José Berenger – Vice Presidente Executivo do Banco Santander
  • Cândido Bracher – Vice Presidente do Banco Itaú
  • Walter Schalka – Presidente da Votorantin Cimentos
  • Henry Gonzales – CEO da Framcapital
  • Alvaro Simões – CEO da Impar
  • Guilherme Peirão Leal – Presidente do Conselho de ADM da Natura
  • Alex Zornig – CFO da Oi Telecom
  • Alan Goldlust – Presidente da Comexport
  • João Ayres Rabello Fº – Presidente do Tribanco – Grupo Martins
  • Fernando Egydio Martins – Diretor Executivo Santander
  • José Monforte – Presidente da Pragma Patrimonios e Membro do Conselho de ADM da Natura
  • Jair Ribeiro – Presidente do Conselho de ADM da CPM Braxis
  • Luiz Fernando Fleury – Presidente da CETIP
  • Piero Minardi – Executivo Gávea Private Equit Fund
  • Walter Zagari – Vice Presidente da Record
  • Luiz Eduardo Falco – Presidente da Oi/Telemar
Bom gente é isso… a chapa da Situação diz que tem candidato, mas ainda não apresentou, fala que tem fundo de investimento, mas não mostrou, fala que o WL vai ficar, mas ele diz que talvez pense em ficar… fica ae pra pensar!
Próximo Post eu coloco o plano de gestão do MT da ultima eleição, só pra vcs verem o que ele fez!
Té +
L. Sardim

Read Full Post »