Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Revolta’ Category

A juventude!

Fala pessoal, resolvi voltar a escrever no meu Blog! Nesse tempo que estive fora, posso dizer que estive muito ocupado (e feliz) cuidando do meu filho junto com a Cá, mas não foi pra falar isso que eu resolvi voltar a postar!

Do ultimo Post pra cá, muita coisa aconteceu, Felipe Neto, Fiuk, Restart, Santos Campeão da Copa do Brasil, etc… e perdi o timming de todos esses assuntos, mas o que mais anda me incomodando é essa nova geração. Eu não estou chateado por eles serem dessa forma, ou com inveja, ou outras coisas, eu na verdade estou preocupado com meu filho! Imagino que se a coisa continuar dessa forma, 90% dos colegas de classe dele vão ter tido pelo menos uma experiência homossexual, vão ser vidrados em pseudo-artistas, não vão ter opinião própria e não vão ser capazes de fazer nada sozinhos a não ser colocar nos iPods/tocadores de MP3 as músicas ruins que acumularam durante a vida!

Um exemplo disso é esse vídeo, olha que absurdo, dá um ligo:

Esse é o retrato que vejo praticamente todas as semanas esperando minha prima no Shopping Morumbi! Não é um adolescente ou outro que são assim, praticamente TODOS são assim!

Tá, você pode dizer que eu sou chato, já fui rebelde, já fiz minhas merdas na vida! Sim, fui rebelde, fiz minhas merdas mas nunca fiz nenhuma “retardadisse” dessa! Incrível que eu vivi minha adolescência nos anos 90 (nasci em 80) e tudo quanto era coisa ruim dessa época eu deixei quieto, tinha opção de não seguir a “modinha”, na verdade a “modinha” praticamente não existia, ou melhor tinha, mas era pra um grupo pequeno e específico de gente! A grande maioria das pessoas (que eu convivia) tinha seus gostos próprios, apesar de seguir tendências dos artistas favoritos, mas não era retardado desse jeito!

Eu me lembro que usar calça xadrez era modinha por causa das bandas Grunge (Pearl Jam, Soundgarden, Stone Temple Pilots, etc…)  mas era caro e normalmente a gente não tinha grana pra andar com essas coisas, nossos pais não deixavam, havia senso de ridículo naquela época e ninguém chorava porque não tinha uma calça grunge!

Hoje a “modinha” não é usar uma calça xadrez com metade da cueca aparecendo, a modinha é ser homossexual! É gostar de pessoas do mesmo sexo (não tenho nada contra as pessoas que gostam, mas não concordo com elas e tenho direito de não concordar, mas não de discriminar). Bandas como Restart pregam esse tipo de coisa, fazem com que dezenas de milhares adolescentes achem normal usar roupas coloridas, achem normal amar uma pessoa em um dia e não amar mais no outro dia, achem normal viver em um mundo de faz de conta com sentimentos falsos!

Vou colocar aqui a definição de amor que peguei na Wikipedia:

A palavra amor (do latim amor) presta-se a múltiplos significados na língua portuguesa. Pode significar afeiçãocompaixãomisericórdia, ou ainda, inclinação, atração, apetite, paixão, querer bem, satisfação, conquista, desejo, libido, etc. O conceito mais popular de amor envolve, de modo geral, a formação de um vínculo emocional com alguém, ou com algum objeto que seja capaz de receber este comportamento amoroso e enviar os estímulos sensoriais e psicológicos necessários para a sua manutenção e motivação.

Vou me focar na ultima frase, onde se fala do vínculo emocional com alguém ou com algum objeto!

Agora pensa comigo, você acha que alguém da banda Nx0, Restart, Fiuk, e outras coisas lixo dessa época, amam mesmo seus fãs? Você acha mesmo que amor se restringe a um S2, S2 (Esse Dois, Esse Dois)?

Eu discordo de todo e qualquer tipo de agressão física e verbal/emocional, mas esse tipo de atitude (garota falando que nem criança retardada) gera raiva nas pessoas! Pessoas que lutam todo o dia no trabalho, no trânsito, na escola/faculdade ou até em casa, que tem que lidar com situações sérias, doenças, problemas de família, precisam mesmo aturar isso? Eu mesmo penso que dá vontade de dar uns bofetes pra ver se acorda e volta pro mundo real, mas imagina, eu um cara equilibrado (hahahahaha) só penso isso, mas tem gente também retardada que não só pensa, como faz, ou melhor, não pensa, só faz.

Tá, cada um tem direito de ser como quiser, e fazer da sua vida o que quiser, mas não to questionando as pessoas, eu estou questionando os empresários que estão destruindo uma geração a troco de grana! Estão acabando com o que pode ser o futuro do mundo pra poder viver o agora! Caramba, lança uma banda adolescente que gosta de comer legumes, mas não lança uma banda adolescente que tira o senso de realidade dos fãs!

Adolescente é bobo, eu já fui um, qualquer coisa que fale que é Teen eles tão aderindo, não importa o que seja, então faz logo uma coisa Teen que gosta de se alimentar direito, que gosta de estudar e se divertir na boa com os amigos, sem essa de ficar um sentando no colo do outro e falando que ama a catota que sai do nariz do outro!

Bom, resumindo… To com medo do que vou enfrentar em 2025 (qdo o Lucca tiver 15 anos), hoje em dia as meninas são fúteis e fáceis, os meninos são tão femininos (com todas as características) quanto as meninas e não sei como isso pode piorar, uma coisa é certa, vai piorar!

É isso gente, vou parar por aqui, to ficando revoltado de novo! Semana que vem se tudo der certo (inspiração vier) eu volto a escrever!

L. Sardim

Read Full Post »

Fala pessoal, tudo bem???

Caras, to revoltado… Desde semana passada eu percebi que minha conexão 3G está lenta pra caramba, reiniciava o PC, desligava e ligava o modem e nada de voltar a funcionar direito. Resolvi ligar na Vivo e abrir um chamado, e jurando que iria ser uma resolução rápida, acabei ficando indignado.
O terceiro atendente (coisa normal de call center) era um técnico e veio me falar que eu não tinha problema nenhum técnico, que o sinal estava bom e que o modem estava legal, mas eu tinha excedido meu limite de download e agora minha conexão estava configurada para 128kbps.
Meu, não acreditei quando o cara disse isso, reclamei, disse que assinei um plano ilimitado, que não tinha limite de dowload e nem de banda, aí o cara disse que iria me passar para o departamento comercial para eu formalizar a reclamação.
Bom, nessa hora atendeu um (a) maldito (a) com o telefone bem baixo, acho que de propósito, e eu não entendia nada que a criatura estava falando, nem deu pra identificar se era homem ou mulher, e do nada desligou na minha cara.
Agora estou na quarta tentativa de ligar na Vivo para:

a) Eles resolvem meu problema
b) Eu cancelo essa droga sem pagar 1 tostão a mais por isso

Absurdo dos absurdos, internet ilimitada, mas nem tanto da Vivo, fujam dessa roubada! E aos que tem, cancelem para que a operadora aprenda a parar de achar que o brasileiro é idiota.

Abraço do Revoltado

L. Sardim

Read Full Post »